Todos os horários
A&EXTRAS

Chris O’Donnell revela que Donald Trump exigiu participar de “Perfume de Mulher” e foi cortado no final

O astro de NCIS: Los Angeles, Chris O’Donnell, revelou recentemente em uma entrevista que Donald Trump exigiu fazer uma participação no filme “Perfume de Mulher”, em 1992.

A estranha participação aconteceria em troca da permissão de usar o hotel The Plaza, em Nova York, que na época pertencia a Trump. 

“Foi dito para a equipe que para filmar no Plaza seria necessário incluir essa cena com Trump e Maples”.

Segundo O’Donnell, Trump e sua então esposa, Marla Maples, filmaram uma cena rápida, descendo de um carro e entrando no hotel. 

Mas o mais engraçado ainda estava por vir. 

Para gravar uma cena minúscula, Trump exigiu fazer maquiagem e cabelo e ainda almoçou no set de filmagens. O’Donnell conta que o mais curioso é que, ao final da filmagem, o atual presidente dos EUA quis fazer novamente cabelo e maquiagem. “Eu realmente fiquei sem saber o que estava rolando ali”.  

Ao final de tudo, tamanha preparação não serviu para nada: a cena acabou sendo cortada do filme. 

Mas Trump não desistiu, e chegou a fazer aparições rápidas em filmes como Esqueceram de Mim 2 – Perdido em Nova York (1992),  Eddie (1996), Zoolander (2001) e Amor à Segunda Vista (2002). 

“Perfume de Mulher” foi indicado a quatro Oscar e rendeu o prêmio de Melhor Ator para Al Pacino. Chris O'Donnell foi indicado ao Globo de Ouro de melhor ator coadjuvante.


Nesta quinta, a partir das 20h10, tem NCIS: LOS ANGELES. Não perca!


Fonte: Telegraph | Imagem:  @ChrisODonnell/Instagram/Reprodução